Nonato Luiz lança versão digital do álbum Baião Erudito

 em Blog

O músico homenageia o octogenário de Dominguinhos com a faixa Baião de Dois

Na terça-feira (30/03), o violonista Nonato Luiz lança a versão digital do álbum Baião Erudito. Nonato em seu violão solo, presta uma homenagem ao cearense Humberto Teixeira e ao pernambucano Luiz Gonzaga, passeando pelo cancioneiro da dupla de compositores que eternizou o ritmo baião. O disco, lançado originalmente em 2004, recebeu tratamento visual baseado na xilogravura produzida por João Pedro.

O single “Baião de Dois”, lançado na segunda-feira (22), foi escolhido como uma forma de prestar homenagem aos 80 anos do Dominguinhos, completados em 2021. Dominguinhos participou da gravação de Baião de Dois junto com Nonato Luiz, lembrança que o violonista guarda com bastante carinho.

Nonato Luiz é um artista de talento ímpar representado pelo Selo Estelita. Neste trabalho, se empenha em trazer um olhar erudito para as canções dos imortais Gonzagão e Humberto Teixeira. Como as músicas não foram compostas primordialmente para o violão, Nonato entrega adaptações e arranjos extremamente bem sucedidos no que se propõem.

Além de arranjador e intérprete, Nonato Luiz é dono de uma obra musical com centenas de composições próprias. Seu repertório violonístico contempla desde gêneros e estilos “universais” (valsas, choros, minuetos, prelúdios, estudos, canções) e estrangeiros (blues, flamenco) até os tipicamente nordestinos (baiões, xotes e frevos).

Seu primeiro álbum foi lançado em 1980 e, atualmente, sua discografia é composta por mais de 30 discos gravados, na sua maioria, autorais, onde Nonato apresenta-se como solista de suas peças. Em outros, tanto explora obras de renomados compositores, arranjando-as para o violão, quanto divide parcerias com instrumentistas. Como concertista, possui uma carreira internacional consolidada, por apresentar-se em várias partes do mundo, principalmente pelo continente europeu, por onde excursiona anualmente, com destaque para Salzburg, terra natal de Mozart.

Além de composições feitas individualmente ou em parceria com letristas como Abel Silva, Fausto Nilo, Sérgio Natureza e Capinam, Nonato Luiz também já se apresentou ou gravou ao lado de instrumentistas consagrados como Turíbio Santos, Darcy Villa Verde, Paco de Lucia, Pedro Soler, Radamés Gnattali, Tulio Mourão, Egberto Gismonti, Dominguinhos, além de artistas como Nara Leão, Fagner, Chico Buarque, Zélia Duncan, Ed Mota, Amelinha dentre outros. Além disso, tem suas peças gravadas pelos maiores violonistas da atualidade, como Shin-Ichi Fukuda (Japão), Gerhard Reichenbach (Alemanha), David Burgess (EUA), Ricardo Moyano (Argentina) dentre outros.

Em termos de reconhecimento, recebeu um Prêmio Sharp de Música, com a música “Baião da Rua”, composta em parceria com Fausto Nilo. É ainda um dos privilegiados brasileiros que teve lançado na Europa um livro de partituras com suas composições, intitulado “Suíte sexta em Ré para guitarra”, editado pela Henry Lemoine, de Paris, além de mais cinco outros livros de partituras, editados no Brasil.

Autor:

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

0

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar